No Brasil, é comum nos referirmos a qualquer atividade relacionada ao futuro utilizando o termo Futurismo. Mas Futurismo e Futures Thinking  “é tudo a mesma coisa”? Vou adiantar a resposta: Não é.

Vamos buscar entender a origem desses termos e a diferença entre eles?

Para isso, vou começar explorando um outro termo: Estudos de Futuros.

O que são Estudos de Futuros?

O campo dos Estudos de Futuros surgiu como uma construção metodológica em meados da década de 1950, após a segunda guerra mundial, paralelamente na Europa e nos EUA. É uma disciplina que estuda forças de mudança e investiga futuros alternativos sistematicamente. Possui uma rica e extensa literatura e uma base metodológica robusta e pragmática. Você pode encontrar referências aos Estudos de Futuros também através do termo Foresight

O que é Foresight?

O termo Foresight designa especificamente a aplicação das mesmas metodologias dos Estudos de Futuros para criação de estratégias de ação no presente. Por isso também é conhecido como Foresight Estratégico, ou ainda Prospectiva Estratégica

O Foresight vem sendo utilizado há anos por grandes empresas, ampliando o tradicional planejamento estratégico. Também é aplicado por governos como os da Finlândia e Singapura, que, através de centros de inteligência estratégica, utilizam as metodologias de Foresight para elaboração de planejamentos de longo prazo. 

Além da sua aplicação em organizações e governos, o Foresight também possui frameworks e ferramentas para planejamento individual de futuros, conhecido como Foresight Pessoal

Deste modo, tanto os Estudos de Futuros quanto o Foresight utilizam-se da mesma base conceitual e ferramental para abordagem de futuros.

Então, o que é Futurismo?

Diferente do Foresight ou Estudos de Futuros, o termo Futurismo refere-se a uma ampla variedade de abordagens para explorar o futuro, utilizando, ou não, os conceitos, metodologias e ferramentas de Estudos de Futuros.

Globalmente, o termo Foresight tem sido preferencialmente utilizado pelos profissionais de futuros, já que a palavra Futurismo está relacionada ao movimento artístico italiano de mesmo nome do início do século XX e suas ideologias não têm nada em comum com os conceitos básicos dos Estudos de Futuros

E Futures Thinking? O que é?

Futures Thinking, ou Pensamento de Futuros, diz respeito a uma série de habilidades antecipatórias e imaginativas que podem ser desenvolvidas a partir da prática de Estudos de Futuros e Foresight. 

Podemos dizer que os Estudos de Futuros e Foresight são uma tradição de práticas, e o Pensamento de Futuros refere-se aos processos cognitivos habilitados por essas práticas. 

O Futures Thinking nos capacita para tomar melhores decisões, olhar para os desafios de forma sistêmica, antecipar possibilidades e agir para construção de futuros preferidos. Segundo o World Economic Forum, essas são habilidades cada vez mais essenciais para lidarmos com o mundo complexo de mudança acelerada. 

***

Na Futuros Plurais, promovemos laboratórios de Pensamento de Futuros. São encontros que combinam conteúdo e práticas individuais e em grupo, para facilitar sua jornada de desenvolvimento em Futures Thinking. Se você tem interesse em saber mais sobre este programa, entre em contato com a gente.

Thayani Costa

Thayani Costa

Fundadora da Futuros Plurais, praticante de Foresight Estratégico com especialização em Futures Thinking e facilitadora de experiências em Estudos de Futuros.